Anuncie aqui!
Localizando...
Você está em:  Home  >  Tecnologia  >  Artigo atual

GlobalFoundries nega especulações sobre negociação com a Intel


Por   /  21 de julho de 2021  /  Sem comentários

GlobalFoundries

Tom Caulfield, CEO da GlobalFoundries, fabricante de chips pertencente a um braço de investimentos do governo de Abu Dhabi, disse em entrevista à Bloomberg TV, nesta segunda-feira (19), que o suposto interesse da Intel sobre a empresa não passa de especulações. O executivo reafirmou o plano da empresa de uma oferta pública inicial no ano que vem.

Após especulações sobre suposta negociação entre a GlobalFoundries e a Intel, porta-vozes da fabricante de semicondutores afirmaram que não há uma negociação ativa entre as empresas.

“Não há nada nessa discussão”, disse Caulfield à publicação. Como a fabricante de chips está se encaminhando para a venda de ações, “você pode esperar muita especulação”, disse ele.

Na semana passada, um porta-voz da GlobalFoundries de Malta, sede da empresa em Nova York, também afirmou que não há negociações com a Intel.

As especulações partiram do interesse da Intel, que chegou a estudar a viabilidade de comprar a GlobalFoundries, disseram pessoas familiarizadas com o assunto na semana passada. No entanto, as fontes disseram que não houve nenhuma abordagem formal de aquisição à Mubadala Investment Co., proprietária da GlobalFoundries. Os dois lados não estão envolvidos em negociações ativas, disseram as pessoas.

A Mubadala criou a GlobalFoundries comprando as operações de fabricação da Advanced Micro Devices Inc. em 2009 e depois combinando-a com a Chartered Semiconductor, de Singapura. O fundo continua a trabalhar com consultores em planos para listar o negócio em um valor de cerca de US$ 30 bilhões, disseram as fontes.

“Acho que eles estão interessados ​​em manter o GF”, disse Caulfield. “Eles acham que este ativo se tornou uma estrela em seu portfólio”.

Fabricantes de chips contratados como a GlobalFoundries fabricam semicondutores para grandes empresas de tecnologia como Apple Inc., Nvidia Corp. e Amazon.com Inc.

A Intel, sob o comando de Pat Gelsinger, CEO, declarou sua ambição de investir pesadamente para entrar nesse mercado e desafiar a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC) e Samsung Electronics, duas empresas que assumiram a liderança na fabricação da empresa nos Estados Unidos.

Representantes da Intel e da Mubadala se recusaram a comentar após um relatório do Wall Street Journal de que a maior fabricante de chips do mundo estava planejando uma oferta.

Com informações de Bloomberg


Infoeconomico

Fonte: Computer Word

você pode gostar também...

Pentágono testa inteligência artificial que prevê ações inimigas com dias de antecedência

Leia mais →