Anuncie aqui!
Localizando...
Você está em:  Home  >  Mercado Financeiro  >  Ações  >  Artigo atual

Fusão de NewAge e Ariix cria empresa com receita estimada em US $ 500 milhões


Por   /  10 de agosto de 2020  /  Sem comentários

A NewAge, empresa originária de Denver, nos Estados Unidos e presente em mais de 80 países no mundo, se uniu a ARIXX para a criação de uma empresa global líder em saúde e bem-estar, com receita estimada em mais de US $ 500 milhões com uma margem bruta combinada de aproximadamente 70% e um EBITDA ajustado de mais de US $ 30 milhões para 2020. Em 2016, a NewAge era uma empresa de US $ 2 milhões. Em abril de 2020 saltou para US $ 260 milhões. Com a fusão foi para US $ 500 milhões, com meta de chegar em 2023 com US $ 2.4 bilhões de faturamento global.

“Estamos muito animados em ter essas empresas se unindo para criar uma poderosa empresa global com um enorme potencial de crescimento. Teremos equipe, escala, lucratividade, marcas e escopo para impulsionar crescimento e desempenho superiores para os acionistas e todos os nossos valiosos representantes e consultores independentes em todo o mundo”, conta Brent Willis, CEO da NewAge, que será o CEO da empresa recém-criada.

Além de NewAge e ARIXX, a fusão ainda conta com outras quatro empresas do segmento no projeto. São elas: Zennoa, LIMU, MaVie e Shannen. A ARIIX é uma das empresas que mais crescem no setor de vendas diretas, com mais de 17% de crescimento na receita anual composta nos últimos cinco anos. O diretor executivo da empresa, Dr. Fred Cooper agora será também conselheiro da NewAge. “Entramos com sucesso neste setor para criar uma grande oportunidade para todos os nossos representantes independentes nos últimos nove anos. Agora estamos mais preparados para pular para o próximo nível junto com o NewAge”, comenta.

Americana NewAge chega ao Brasil com oportunidades de negócios

A NewAge chegou ao Brasil com produtos voltados para saúde e qualidade de vida da população. Neste momento em que a pandemia do coronavírus invadiu o mundo, a empresa traz aos brasileiros que perderam seus empregos ou que querem obter uma renda extra oportunidades de negócios lucrativos. Até 2023, a previsão do volume de negócios é chegar em US $ 133 milhões e conquistar aproximadamente 140 mil consultores no país.
Em sua chegada em meio a pandemia, a empresa se viu obrigada a mudar a estratégia inicial que consistia em viagens e eventos inicialmente pelo sul e sudeste do país para uma estratégia 100% on-line. Surpreendentemente o resultado foi maior do que o esperado.
Com isso, impactou pessoas de todos os 26 estados e do Distrito Federal e ainda economizou o valor de R$ 2 milhões no orçamento planejado para seu lançamento no país.
A equipe, apoiada pela matriz, encontrou soluções para manter o entusiasmo mesmo sem poder fazer um evento tradicional e conseguiu um resultado ainda maior. “O mais interessante é que a princípio iríamos abrir o negócio em apenas seis estados do país. Com a alteração, conseguimos abrir para todo o Brasil e nossa meta que era conquistar 280 consultores, se concretizou em mil, ou seja, quadruplicamos o resultado”, conta Maurício Patrocinio, diretor geral da operação no Brasil.

O modelo comercial da empresa também teve uma aceleração no processo de mudança e se adapta não só ao momento de pandemia, mas a vida moderna, por ser digital e o consultor não precisar entregar o produto. “Após se tornar um consultor NewAge, a pessoa passa a empreender de sua casa, com ferramentas online. A entrega dos produtos também é online e a NewAge que faz essa logística, tanto por compras via e-commerce quando por assinaturas mensais, que sempre são recomendadas pelos consultores independentes que indicam os produtos para seus clientes. Acreditamos que a venda direta é baseada no relacionamento e não na convivência”, reforça Patrocinio.

Segundo a Associação Brasileira de Vendas Diretas (ABEVD), o Brasil hoje emplaca como o 6º maior mercado do mundo com mais de quatro milhões de empreendedores movimentando mais de R$ 45 bilhões de reais. “Estávamos presentes em 60 países e ainda faltava o Brasil. Chegamos para contribuir para a consolidação deste mercado e, além de expandir nossos negócios, contribuir para a vida das pessoas que estão precisando se reinventar nesse momento”, finaliza Patrocinio.

 

  • Publicado: 3 meses 10 de agosto de 2020
  • Por:
  • Modificado em: agosto 10, 2020 @ 6:05 pm
  • Arquivado em: Ações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode gostar também...

Verde volta a aumentar risco em ações, de olho no desenvolvimento de vacinas contra Covid-19

Leia mais →