Anuncie aqui!
Localizando...
Você está em:  Home  >  Central Notícias  >  Artigo atual

Crescimento do uso de serviços digitais aumenta ansiedade sobre senhas, diz pesquisa


Por   /  13 de abril de 2021  /  Sem comentários

Quanto maior o número de serviços acessados on-line, maior a vulnerabilidade exposta a ameaças. Consequentemente, maior também o número de senhas cada vez mais complexas, como as que exigem, necessariamente, a combinação de letras, números e caracteres. A gerência dessas senhas e o medo do esquecimento delas, no entanto, leva as pessoas a cometerem erros banais que podem comprometer sua segurança cibernética, de acordo com um novo estudo.

A LastPass encomendou uma pesquisa com 2.005 americanos para avaliar seus sentimentos em relação às senhas e ver como isso afeta seus hábitos de senha diariamente. Executado pela OnePoll, o estudo mostra que o americano padrão foi bloqueado em 10 contas on-line apenas no mês passado – uma tendência de longa data que não está melhorando, apesar dos riscos digitais em ascensão, diz o relatório.

Para muitas pessoas, ficar bloqueado em suas contas devido a uma senha esquecida é uma ocorrência muito comum. A partir disso, quase dois terços (64%) dos respondentes da pesquisa disseram que evitariam certos sites ou contas que eles esqueceram a senha de acesso. “As pessoas agora, mais do que nunca, enfrentam o fenômeno da ‘ansiedade com a senha’”, diz a LastPass.

Este fenômeno ganha ainda mais destaque à medida que começamos a considerar um mundo pós-Covid, em que muitas pessoas provavelmente permanecerão em um ambiente híbrido de trabalho. A possibilidade de trabalhar em qualquer lugar, exigirá ainda mais um gerenciamento eficaz de senhas em um contexto de trabalho de multiplataformas e de alta mobilidade.

O estudo mostra que 65% dos entrevistados experimentam um momento de pânico ou ansiedade quando percebem que seu computador ou dispositivo móvel não tem uma senha armazenada para um site no qual desejam fazer login. Não é nenhum segredo que os telefones celulares são como um terceiro braço para a maioria das pessoas, diz a empresa, e isso é demonstrado pelos 57% dos entrevistados que disseram que, se perdessem o telefone, a maioria de suas contas seria bloqueada.

O número de senhas para memorizar aumenta esta tensão e também o risco. Sete em cada 10 americanos acham que têm muitas senhas diferentes para lembrar, e o entrevistado médio diz que eles usam a mesma senha para seis contas diferentes, abrangendo tanto senhas profissionais quanto pessoais. Mesmo quando criam senhas que pensam ser diferentes, na realidade, 68% afirmam que ainda são muito semelhantes.

Embora usar a mesma senha em muitas contas diferentes possa parecer a opção mais simples para evitar o temido processo de esquecer e redefinir sua senha, aproveitando frases-senha exclusivas em contas diferentes, você protegerá melhor sua presença digital, recomenda a empresa de serviços de gerenciamento de senhas.

Reutilização e compartilhamento de senha

Como a maioria dos americanos passa mais tempo on-line trabalhando e se socializando virtualmente, o compartilhamento de senha é uma necessidade inevitável. Em um momento em que os líderes de streaming, como a Netflix, estão reprimindo o compartilhamento de senhas entre usuários em diferentes residências, quase 80% dos entrevistados afirmaram que usam seis serviços de streaming, mas apenas 43% pagam por três desses serviços.

Enquanto famílias, crianças e outras pessoas significativas, ou mesmo amigos, a capacidade de compartilhar senhas entre serviços nos ajuda a permanecer conectados. A maioria das pessoas pesquisadas (77%) concorda que seria benéfico ter uma maneira segura de dar a um ente querido acesso às suas senhas, especialmente em caso de emergência.


Infoeconomico

Fonte: Computer Word

você pode gostar também...

Senado pode votar subsídio para gás de cozinha

Leia mais →