Anuncie aqui!
Localizando...
Você está em:  Home  >  Tecnologia  >  Artigo atual

Conheça as carreiras de TI em ascensão para 2021


Por   /  22 de janeiro de 2021  /  Sem comentários

Cientistas e engenheiros de dados, desenvolvedores, profissionais de infraestrutura/cloud, business intelligence (BI) e segurança da informação. Essas são as carreiras mais promissoras de TI em 2021, segundo a consultoria de recrutamento e seleção Robert Half.

Leia também: Carreira de cientista de dados é promissora. Saiba como se tornar um

Segundo Mariana Horno, gerente sênior de recrutamento da consultoria, algumas áreas que estavam mais apagadas em 2019 por não serem tratadas com prioridade ganharam destaque ao longo de 2010, principalmente impulsionadas pela aceleração dos processos de transformação digital nas empresas e pela necessidade de adaptação dos serviços ao ambiente on-line.

“Com um volume expressivo de dados sendo compartilhados em computadores pessoais, Infraestrutura, Cloud e Business Intelligence foram áreas que ganharam relevância, assim como a segurança cibernética, pois se mostraram essenciais para a manutenção e sustentabilidade dos negócios”, explica a especialista.

Entre as posições de destaque para 2021 estão coordenador de segurança da informação, cientistas e engenheiros de dados, desenvolvedores full stack sênior e coordenador de infraestrutura.

Em segurança, os salários partem de R$ 13.200 e podem chegar a R$ 21 mil. Para cientistas de dados, a faixa salarial varia entre R$ 13.100 e R$ 26.700. Os desenvolvedores, por sua vez, podem ganhar de R$ 9.250 a R$ 18.900. Os dados são do Guia Salarial 2021 da Robert Half.

A remuneração varia conforme porte da empresa, características do setor, experiência na função, demanda e disponibilidade pelo perfil no mercado, além de habilidades e certificações extras.

Papel estratégico

No último ano, em meio à pandemia, as empresas que quiseram se manter competitivas precisaram acelerar seus processos de transformação digital. Muitos projetos de tecnologia precisaram sair rapidamente do papel e com isso, o profissional de TI ganhou destaque, pois teve que repensar e viabilizar, em tempo recorde, boa parte do modelo de negócio para colocá-lo em funcionamento de forma remota, explica Mariana.

Não à toa, as organizações estão enxergando o departamento de TI cada vez mais como um parceiro de negócio. Isso exige um novo perfil de profissional para o setor. “A qualificação técnica segue sendo muito importante, mas as empresas passaram a buscar profissionais com perfil de gestão e liderança, capazes de apoiar decisões estratégicas alinhadas aos objetivos do negócio”, observa a especialista.

Atualização constante

Mas não é só a evolução da área nas companhias que vem mudando as habilidades e competências exigidas do profissional de TI. A velocidade de

desenvolvimento do setor demanda a adaptação rápida das pessoas que querem se destacar na carreira. Na prática, é preciso estar sempre em busca de atualizações, como certificações, metodologias de trabalho, novas tecnologias, modelos de gestão e técnicas de trabalho em equipe.

Além de se manter atualizado em relação a habilidades técnicas, incluindo conhecimentos sobre metodologias ágeis, cloud, DevOps, dados e segurança da informação, o profissional de TI precisa mais do que nunca desenvolver competências socioemocionais, as chamadas ‘soft skills’. “Em relação às habilidades comportamentais é possível enxergar um destaque para visão de negócios, comunicação, relacionamento interpessoal, agilidade e inovação.”


Infoeconomico

Fonte: Computer Word

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode gostar também...

Tim Cook nega alegações de monopólio em reunião com acionistas

Leia mais →