Anuncie aqui!
Localizando...
Você está em:  Home  >  Tecnologia  >  Artigo atual

Tratamentos estéticos masculinos: use-os a seu favor

Por   /  3 de outubro de 2019  /  Sem comentários

Getty Images
Mais de 1,3 milhão de procedimentos estéticos foram realizados por homens em 2017

Apesar da resistência e do preconceito de alguns homens, a preocupação com a aparência e o autocuidado, bem como alguns tratamentos dermatológicos, já são muito mais comuns entre eles. Os homens têm entendido a questão da aparência como algo além do próprio bem-estar; importar-se com a beleza é também uma maneira de melhorar seu marketing pessoal. Com um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico e inovador, a maneira como você se apresenta, se veste e se porta precisa acompanhar essas transformações.

De acordo com a Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, mais de 1,3 milhão de procedimentos estéticos foram realizados por homens em 2017. No Brasil, nos últimos cinco anos, a busca dos homens por procedimentos cirúrgicos quadruplicou, passando de 72 mil para 276 mil ao ano, segundo levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Eu, particularmente, sigo a corrente contrária aos exageros, tanto para homens quanto para mulheres. Há procedimentos minimamente invasivos que ajudam a rejuvenescer de forma natural, sem modificar as características pessoais. Isso não significa que você precisa esperar até que o espelho mostre um homem com aspecto cansado ou triste, com as marcas do tempo no rosto. É possível começar mais cedo, com tratamentos preventivos. O procedimento mais indicado para cada caso é avaliado em consulta, de acordo com as queixas e o exame físico. No entanto, um deles, bastante efetivo, que ameniza o excesso de oleosidade, assim como as marcas de acne, rosácea, dermatites e flacidez, é o laser fracionado de CO2 profundo, justamente porque melhora a saúde da pele: ele reverte seu afinamento em até três vezes, promovendo a reestruturação dérmica e amenizando as queixas apontadas acima.

Existem mitos por trás do procedimento, mas ele é bastante seguro. Por ser não ablativo, a pele não fica em carne viva e não descama, como alguns pensam. Ele gera, de forma fracionada, pequenas e inúmeras colunas de calor na pele, enquanto outras partes dela ficam intactas. Isso estimula a cicatrização de forma mais rápida e a produção de colágeno, o que ajuda na redução das imperfeições. Antes do procedimento, passamos um anestésico no rosto do paciente, já que a aplicação provoca um pouco de dor e ardência – mas é algo absolutamente suportável. A pele fica vermelha, ressecada e áspera por alguns dias, e seu aspecto volta ao normal em cerca de uma semana. O recomendado é não tomar sol por 30 dias e usar protetor solar.

Outro exemplo é o ultrassom microfocado, que provoca um efeito imediato de melhora na flacidez da face, pescoço e papada, em apenas uma sessão. Nesse procedimento, a pele permanece intacta, sem a necessidade de nenhum protocolo subsequente. E, para quem tem medo ou quer evitar as agulhas, a grande novidade é o Enerjet, plataforma que introduz as substâncias líquidas (como o ácido hialurônico e o polilático) na pele por meio de um “tiro” de pressão, com um jato de ar potente, estimulando o colágeno. Ele é indicado para dar um efeito “lifting” no rosto e, quando usado com a toxina botulínica, é ideal para o tratamento da hiper-hidrose nas axilas e nas mãos.

Outra queixa masculina muito comum é a alopecia, a popular calvície. Um exame dermatoscópico, aliado a outros exames, pode detectar a causa e o grau da alopecia e, assim, definir quais serão os melhores tratamentos. Um dos procedimentos que tem se mostrando bastante eficiente é o microagulhamento robótico. As microperfurações no couro cabeludo são superficiais e geram sangramento; o processo de coagulação estimula o nascimento dos novos fios, aumentando a sobrevida, o tamanho e a espessura do folículo piloso. O procedimento deve ser realizado pelo menos cinco vezes para termos bons resultados, com intervalos de 15 dias a um mês. Outro tratamento semelhante é o MMP (microinfusão de medicamentos na pele), em que microagulhas infiltram medicamentos estéreis no couro cabeludo, oferecendo uma ação bem eficaz contra a calvície.

Independentemente da necessidade, o homem, atualmente, conta com muitas opções e com o melhor da tecnologia, e deve confiar nos procedimentos estéticos a seu favor. Porém, antes de se submeter a qualquer tratamento, procure um médico dermatologista bem formado, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, que acredite na prática de associações de procedimentos para um rejuvenescimento com saúde e de forma natural.

Páginas: 1 2

Anúncio:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode gostar também...

IBM tem receita menor do que a esperada no 3º trimestre

Leia mais →