#
Localizando...
Você está em:  Home  >  Central Notícias  >  Artigo atual

Senado comemora 40 anos da Associação Nacional dos Jornais

Por   /  13 de agosto de 2019  /  Sem comentários

O Senado realizará uma sessão especial em comemoração aos 40 anos da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), às 10h de quinta-feira (15). A homenagem foi requerida pelos senadores Lasier Martins (Podemos-RS), Jayme Campos (DEM-MT), Eduardo Girão (Podemos-CE), Chico Rodrigues (DEM-RR), Irajá (PSD-TO) e pelo senador licenciado Eduardo Gomes (MDB-TO).

A ANJ foi fundada em 17 de agosto de 1979 para defender a liberdade de imprensa e os interesses dos jornais brasileiros, promover estudos e ações para o desenvolvimento desses veículos de comunicação e representar o Brasil internacionalmente junto a entidades congêneres.

Presidida por Marcelo Rech, do jornal Zero Hora de Porto Alegre, a entidade tem 94 associados, como Correio Braziliense (DF), O Globo (RJ), Folha de S. Paulo (SP) e A Gazeta (ES), entre outros que representam cerca de 90% do público leitor de jornais no Brasil, nas plataformas impressa e digital.

A ANJ trabalha em conjunto com as principais corporações do mercado de comunicação e do jornalismo, como a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner), a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), a Associação Mundial de jornais e Editores de Notícias (Wan-Ifra) e a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP).

Foram convidados para participar da celebração representante dos jornais associados à ANJ, representantes das entidades que trabalham conjunto a associação, representante da Embaixada Americana e da Unesco.

“A entidade é responsável, anualmente, pela concessão do Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa, a mais importante premiação em favor do livre exercício do jornalismo no país. Já foram premiados, entre outros, os ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto, a ministra do STF Carmem Lúcia, a jornalista Miriam Leitão, a Abraji, o jornal Gazeta do Povo e o jornal argentino Clarín”, destacaram os senadores no requerimento.

Maria Helena sob supervisão de Paola Lima
Fonte: Senado Noticias Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#

você pode gostar também...

Bolsonaro tem razão em críticas à política ambiental da Noruega?

Leia mais →